sábado, 31 de outubro de 2009

Sonhar


quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Palavras ao vento


Certa vez, um homem tanto falou que seu vizinho era ladrão, que o vizinho acabou sendo preso. Algum tempo depois, descobriram que era inocente.

O rapaz foi solto, após muito sofrimento e humilhação, e processou o homem.

No tribunal, o homem disse ao juiz: "Comentários não causam tanto mal..."

E o juiz respondeu: "Escreva os comentários que você fez sobre ele num papel. Depois, pique o papel e jogue os pedaços pelo caminho de casa. Amanhã, volte para ouvir sentença!"

O homem obedeceu e voltou no dia seguinte, quando o juiz disse: "Antes da sentença, terá que catar os pedaços de papel que espalhou ontem!"

"Não posso fazer isso, meritíssimo! O vento deve tê-los espalhado por tudo quanto é lugar e já não sei onde estão!"

E o juiz respondeu: "Da mesma maneira, um simples comentário que pode destruir a honra de um homem espalha-se a ponto de não podermos mais consertar o mal causado."


Se não se pode falar bem de uma pessoa, é melhor que não se diga nada!
Sejamos senhores de nossa língua, para não sermos escravos de nossas palavras.

Nunca se esqueça: quem ama não vê defeitos. Quem odeia não vê qualidades. E quem é amigo vê as duas coisas.

sábado, 24 de outubro de 2009

Perdoar e se perdoar


Realmente essa frase diz tudo, a vingança satisfaz aquele momento, mas o sentimento de culpa será para toda a vida, mas o perdão lava a alma e nos liberta do passado, na maioria das vezes a decisão de perdoar é tomada com muita dificuldade pois não é apenas desculpar, mas sim perdoar de coração, mas digo que vale a pena esse esforço, pois tira muitos quilos dos ombros. Pense nisso, quem sabe não está na altura de perdoar e se perdoar!
Marcele

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Para meditar


Nem sempre falar tudo que vem a cabeça é a melhor alternativa, muitas vezes devemos pensar duas ou mais vezes para ter certeza de que o que vamos dizer vale mais do que o silêncio. Pense nisso!
Marcele

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Crise e aumento do suicídio


Eles tinham família, propriedades, amigos influentes, prestígio e dinheiro de sobra. Aparentemente, levavam vidas de reis e, no entanto, cometeram suicídio. No dia 23 de dezembro, o investidor americano Thierry de la Villehuchet, de 65 anos, dono do fundo Access International, se matou depois de levar um golpe de mais de US$ 1,4 bilhão (R$ 3,2 bilhões).

Já o empresário Adolf Merckle, um dos homens mais ricos da Alemanha e do mundo, se matou no dia 5 de janeiro. Depois de acordar na mansão em que morava (e onde trabalham 11 empregados) e tomar café, Adolf caminhou até a linha do trem e se deitou sobre os trilhos. As empresas dele, que empregam 100 mil pessoas, acumulam prejuízos estimados em US$ 1,5 bilhão (R$ 3,5 bilhões) por causa da crise internacional. Ainda assim, o império que ele tinha nas mãos está avaliado em mais de US$ 9,2 bilhões (R$ 21,5 bilhões), fortuna que o mantinha entre os 100 homens mais ricos do planeta, segundo ranking da revista “Forbes”. No dia 21 de janeiro, foi a vez do irlandês Patrick Rocca, um dos principais sócios do banco Anglo Irish, que sofreu enormes perdas nas últimas semanas e está sendo estatizado pelo governo. Rocca era amigo de celebridades como Bill Clinton e Tony Blair e cunhado do músico Van Morrison – com quem a irmã dele foi casada. Pai de três filhos, o magnata de 41 anos foi encontrado morto com um tiro na cabeça na mansão da família em Holmeleigh, condomínio exclusivo em Dublin, capital da Irlanda. Era figura constante nas festas mais badaladas do mundo e nas colunas sociais irlandesas. Tinha cerca de 500 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão).

Sempre que uma grande turbulência abala a economia mundial, o tema suicídio volta à tona. Na grande crise de 1929, muito se falou sobre investidores desesperados que teriam se jogado de janelas porque perderam dinheiro. Sabendo disso, no fim do ano passado, a Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou para um possível aumento nos índices de suicídio causado pela crise. A entidade encara o tema como problema de saúde pública. “São conse-quências da crise, que deve multiplicar os índices de transtornos mentais. Existem evidências claras de que o suicídio está relacionado a desastres financeiros”, anunciou Margaret Chan, diretora da OMS, aos jornais internacionais. Alguns especialistas, entretanto, são cuidadosos ao relacionar suicídio e dinheiro. Preferem discutir sobre transtornos mentais e doenças – como a depressão – que ficam ocultas até o momento em que a pessoa toma uma atitude definitiva e, aparentemente, por motivo fútil. Afinal, quantos desempregados e indigentes que mal têm o que comer jamais pensaram em se matar?

A psicoterapeuta Maura de Albanesi, diretora do Instituto de Psicologia Avançada, acredita que as perdas podem não ser os únicos motivos que levaram os milionários a se matar. Para ela, é possível que eles sofressem de problemas anteriores, escondidos atrás da vida aparentemente perfeita. “A ciência afirma que a maioria dos indivíduos com sérios distúrbios de personalidade já nasceu com alguma deficiência biológica; já têm tendência a desvios de conduta, pensamentos, sentimentos e comportamentos, a ponto de agredir a si mesmos”, avalia.

Mais do que o medo de ficar pobre ou a perda de uma parte da fortuna, o que muitas vezes motiva uma atitude desesperada entre milionários e profissionais de sucesso é a insuportável sensação de fracasso. Para certas pessoas, a perda de status e o medo de ficar com a reputação manchada ou de ser rejeitado no grupo social em que vivem podem ser devastadores. “Os investidores vivem em grupos de pessoas iguais a eles, ricos e cheios de status. Eles se preocupam muito com a própria imagem e dependem disso para viver bem. Se não trabalham bem uma perda, pode ser difícil encarar os desafios futuros e conviver com os colegas de novo”, explica.

Seguindo esse raciocínio, excesso de dinheiro pouco tem a ver com a vontade de viver e ser feliz. Mansões, carros e amigos famosos não são capazes de completar vazios existenciais de algumas pessoas que, infelizmente, nem se dão conta de que precisam preenchê-los.

Por Juliana Vilas

Agora podemos ver que dinheiro não traz paz e muito menos felicidade, ele pode trazer conforto e uma vida material impecável, mas sem a presença de Deus o ser humano continua vazio e sem direção.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Decisão


Resolução, deliberação, escolha, opção, sentença; qualquer uma dessas palavras pode descrever o significado desta palavra: decisão, que em muitos momentos nos faltam, tomar uma decisão nem sempre é fácil pois cada ação tem uma reação, e justamente com medo das consequencias que podem se ter com suas escolhas muitas pessoas se omitem e decidem não decidir, e isso as fazem ser pessoas frustradas e oprimidas com um grito preso na garganta que nunca ninguém ouviu por medo ou dúvida. Quantas oportunidades você perdeu por não tomar uma decisão no momento certo, e quando finalmente toma coragem e decide já era tarde demais, pois é isso tem sido um grande problema na atualidade. Muitas vezes deixamos o tempo passar para ver onde tudo vai dar e quando tentamos fazer algo, simplesmente já não tem nada para ser feito. Não assista a sua vida de fora, pelo contrário viva-a intensamente afinal só temos uma se a desperdiçarmos, não teremos outra oportunidade para fazer diferente. Decida lutar pela sua família, lutar pela sua saúde, lutar pelo seu sucesso, decida investir na sua alma, afinal ela sim é eterna. Não esqueça que não fazer nada já é uma decisão.
Marcele

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

ONDE VOCÊ COLOCA O SAL?


O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo de água e bebesse.
-'Qual é o gosto?' - perguntou o Mestre.
-Ruim' - disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:
-'Beba um pouco dessa água’. Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:
-'Qual é o gosto?'
-'Bom!disse o rapaz.
-'Você sente o gosto do sal?' perguntou o Mestre.
-'Não disse o jovem.
Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse
-'A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde
a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é
aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta.
É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras:
É deixar de Ser copo, para tornar-se um Lago.

"Entender a vontade de Deus nem sempre é facil, mas crer que Ele está no comando e tem um plano pra nossa vida faz a caminhada valer a pena".
Autor Desconhecido

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

SOLIDÃO


Será que para se ter solidão realmente não se tem ninguém por perto? O significado de solidão é:

estado do que está só, isolamento, lugar solitário, retiro
No mundo atual com tanta concorrência em todos os sentidos são muitas as pessoas que mesmo rodeadas continuam sozinhas com seus próprios sentimentos, sem saber como se expressar como demonstrar seus sentimentos, até mesmo porque está tão difícil encontrar uma pessoa que realmente esteja interessado em apenas nos ajudar e devido a esse medo de se expor cada um se esconde em seu próprio casulo e nunca tem uma oportunidade de encontrar o verdadeiro amor, um verdadeiro amigo, o emprego ideal e etc. São muitos os que dizem ninguém me entende, ninguém me nota, ninguém percebe do que eu estou precisando, ninguém enxerga meu talento, mas aí eu pergunto será que você mesmo sabe o que quer ou você quer que os outros descubram para depois lhe dizer? Nos dias de hoje vivemos riscos, o risco de dizer que ama, o risco de tentar ter um amigo, o risco de tentar se destacar no emprego, o risco de tentar algo novo na entrevista de admissão, o risco de investir em tempos de crise, tudo tem um risco, mas como diz o velho ditado popular quem não arrisca não petisca, então quando você confia em seu talento e nunca tentar mostrar para os outros, como você vai se destacar? A primeira mudança é sempre a mais difícil pois vem aqueles pensamentos: mas se despertar inveja nos meus colegas, se eu receber um não, se eu não conseguir, se ninguém gostar do que eu tenho pra falar. Só digo uma coisa se você nunca se expressar você continuará se sentindo perdido neste mundo e nunca vai se encontrar, existem momentos em que temos que tentar ou então perdemos uma oportunidade de mudar nossas vidas. Não perca este momento mostre a todos o quanto você é especial e valioso, se comunique mais, elogie para ser elogiado; admire para ser admirado; seja amigo para ter amigo; ame para ser amado. É lei de Deus temos que plantar para colher. Um forte abraço, espero que tenham gostado destas linhas. Aguardo suas opiniões.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Você é como todos?


Através da última mensagem fui buscar no dicionário o significado de Deus, esta palavra que muitos nem sabem ao certo seu significado, pois bem aqui está segundo o dicíonário da lingua portuguesa da editora porto:
1. FILOSOFIA [com maiúscula] princípio ou origem de todos os seres e origem e garantia de tudo o que de excelente existe no mundo
2. RELIGIÃO [com maiúscula] nas religiões monoteístas, ser absoluto e único, criador do Universo, infinitamente perfeito, necessário e eterno
3. RELIGIÃO nas religiões politeístas, ser superior que tem poder sobre o ser humano e ao qual é prestada veneração
4. figurado pessoa a quem se vota uma dedicação extrema
5.
figurado o que é objecto de adoração e a que se sacrifica tudo o resto;
Achei muito interessante essa frase que talvez em algum tempo atrás fosse vivida por nós mas decorrer dos anos nos esquecemos de tal coisa devido as nossas próprias preocupações, mas não engraçado que mesmo o esquecendo para tudo, nos momentos em que realmente precisamos de um "Help" é justamente a Ele que buscamos, mas realmente para o adorar e sacrificarmos as nossas vontades logo nos esquecemos de sua existência, na verdade não estou aqui para julgar ou apontar o dedo pois tudo o q está escrito ser para mim também, mas é apenas uma forma de nos atentarmos para o que a modernidade dos dias atuais nos tem feito. Nós estamos cada vez mais nos distanciando de nosso Criador e nos tornando pessoas insensíves e mesquinhas, mas acredito que nunca é tarde para mudarmos e se a cada dia mudarmos uma atitude nossa certamente que nos tornaremos em pessoas melhores não só para o mundo mas para nós mesmos. Um grande abraço a você que se dispôs a ler sobre esse assunto pouco interessante aos olhos da maioria.

Medite neste Vídeo!

É impressionante como esse tipo de pensamento costuma estar na vida de todas as

pessoas, mas se pararmos para analisar será que realmente deveria ser assim, ou os

valores da vida estão se invertendo e estamos a esquecer as coisas que antigamente

eram consideradas importantes, e que com o passar do tempo já são insignificantes e

até menosprezadas. E sua opinião qual é? Pode deixar seus comentários